Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Carros // Testes

Teste: Mercedes-Benz X 250d 4Matic

6/10
€ 47.809
16 Ago 2018
teste-mercedes-benz-x-250d-4matic

Galochas com estilo

A Mercedes tem aproveitado bem a aliança que possui com a Renault-Nissan. Desta vez, virou-se para o mundo das pick-ups, pegou na conceituada Nissan Navara e fez a X, que vê aqui na versão 250d.

É certo que gostos não se discutem, mas a X é, no mínimo, mais charmosa. Se o atrai mais ou não, já é outra questão. Também é verdade que esta unidade possui a linha de equipamento Power (7.011 euros) que lhe dá um ar com mais estilo no exterior, diferenciando‑se das restantes X pelos para-choques com as aplicações cromadas. As jantes de 19 polegadas fazem parte do pacote Style (conta ainda com mais uns equipamentos de série como os faróis em LED, os bancos em pele e eléctricos, o ar condicionado automático ou a chave mãos-livres).

Basta aceder ao habitáculo da X para perceber que o cuidado com o requinte foi primordial. A Mercedes X pode ter por base a Nissan Navara, mas os detalhes da marca alemã estão cá. Bem, não encontramos materiais suaves em abundância como estamos habituados a ver noutros modelos da marca e o volante também não regula em profundidade, o que não possibilita obter a posição de condução ideal, mas no geral há charme a bordo.

  • 1 | 16
  • 2 | 16
  • 3 | 16
  • 4 | 16
  • 5 | 16
  • 6 | 16
  • 7 | 16
  • 8 | 16
  • 9 | 16
  • 10 | 16
  • 11 | 16
  • 12 | 16
  • 13 | 16
  • 14 | 16
  • 15 | 16
  • 16 | 16

Esta X possui a caixa automática de sete velocidades que pode pedir em opção (1.722 euros), e com o aumento das vias (face à Navara), o conforto de rolamento é bom (e melhor), mesmo que se continue a sentir um certo tremelique no pisar, característico das pick-ups. A suave caixa automática casa bem com o motor diesel 2.3 biturbo (de origem Nissan), que debita 190 cavalos e uns bons 450 Nm de binário, podia acreditar mais veemente no binário do motor e, por vezes, ser mais rápida, mas não desilude.

As médias de consumo andam sempre perto dos dez litros, se não exigir muito dos 190 cv. Com calma, pode descer aos 7,5 litros. Seja como for, o sentimento que está numa pick-up diferente vai estar sempre presente. Com esta configuração, esta X ascende aos 68.158 euros.

 

Texto: Bruno Costa Silva

Fotos: Pedro M. Barreiros

Teste publicado na TopGear nº 81 (Fevereiro 2018)

 

Ficha técnica:

2.299 cc, 4 cil., tração integral, 190 cv, 450 Nm

7,9 l/100 km, 207 g/km CO2

0-100 km/h em 11,8 s, 175 km/h

2.529 kg

 

Últimos Testes
Teste: Alfa Romeo Stelvio 2.2d Q4 210 cv

O Stelvio une a eficácia da tração integral Q4 ao potente motor diesel de 210 cv.

Ler mais
Teste: Mercedes-Benz X 250d 4Matic

Mais charme e requinte no mundo pick-up.Eis a X...

Ler mais
Teste: Renault Mégane ST Bose Ed.

A Bose Edition continua a ser uma das versões com mais equipamento da gama Mégane. Testámos a Sport Tourer equipada com o motor dCi de 130 cavalos.

Ler mais
TopGear # 88
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui