Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Carros // Testes

Teste: BMW 520d ED

7/10
€ 56.300
09 Ago 2017
teste-bmw-520d-ed

Depois da entrada em comercialização da nova geração do BMW Série 5, começam agora a chegar as diversas outras versões e formatos da gama. Uma das primeiras é esta edição Efficient Dynamics que, através de algumas alterações, promete médias de consumo bastante comedidas e um nível de emissões poluentes muito mais reduzido.

Debaixo do capot está o motor de dois litros da versão 520d, que continua a ser um bloco de quatro cilindros em linha da família TwinPower Turbo mas com uma potência que chega agora aos 190 cavalos e um binário máximo de 400 Nm, disponíveis a partir das 1.750 rpm. Segundo valores declarados pela marca, necessita apenas de um valor entre os 3,9 litros e os 4,3 para percorrer um total de 100 quilómetros, dependendo do nível de equipamento e dos pneus instalados, e as emissões poluentes andam entre os 102 e os 114 gramas de CO2.

  • 1 | 6
  • 2 | 6
  • 3 | 6
  • 4 | 6
  • 5 | 6
  • 6 | 6

No caso da unidade ensaiada, a presença do pacote de equipamento Line Sport com um visual mais desportivo e jantes de 18 polegadas, faz-nos assumir que deverão ser considerados os valores mais elevados dos declarados, mas também nos deixam com a certeza de que o Série 5 fica com um visual bem mais apelativo do que se tivesse apenas o equipamento base.

E é justamente por aqui que começamos. O Série 5 Line Sport não é igual às mais desportivas versões equipadas com o Pack M, mas já deixa este modelo com um visual muito mais cativante. Os para-choques são um pouco mais desportivos, as jantes de 18 polegadas e os frisos em negro dão uma ajuda, e no habitáculo há também assentos mais desportivos e um volante com um visual mais interessante. Na secção traseira, a saída de escape dupla com uma ponteira de cada lado, até nos deixam a pensar se esta não será uma das versões mais potentes, mas a sigla 520d colada na tampa da bagageira diz-nos que não é bem assim.

Os 190 cavalos e os 400Nm do motor de dois litros oferecem um ritmo interessante ao 520d. As acelerações são cheias e com fôlego, sem nos deixarem colados ao assento. A BMW anuncia uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 7,5 segundos mas aqui, o que nos interessa mesmo são as médias de consumo.

Sem obedecermos às normas dos testes mais exigentes, em que são medidos os valores das marcas, deixámos o ar condicionado ligado e não nos preocupámos muito com a hora do dia, nem com a temperatura exterior. Em algumas horas do dia, estivemos mesmo parados no trânsito e com o sistema de start-stop desligado para que o habitáculo não aquecesse em demasia. Escolhemos os trajetos mais confusos, em vez dos mais fluidos e, mesmo assim, o computador de viagem teima em não nos mostrar valores acima dos sete litros. Em autoestrada, no entanto, e com o ponteiro do velocímetro (digital) em cima dos 120 km/h, as alterações aerodinâmicas, do sistema common-rail e noturbocompressor, fazem com que este valor desça facilmente para baixo da fasquia dos cinco, o que é muito comedido se tivermos em conta que a dieta do Série 5 foi considerável, mas que o peso desta versão ainda ronda os 1.600 quilos.

Em termos de preços, a presença do pacote Line Sport, acrescenta cerca de dois mil euros aos 56.300 que esta versão Efficient Dynamics custa, ainda que melhore consideravelmente o seu visual. Mas na unidade ensaiada, ainda estava presente o pacote Business Plus (1.740 euros), o pacote Comfort Plus (2.859 euros) e diversos outros extras que deixam o valor final desta unidade muito próximo dos 70 mil euros. O investimento inicial será bastante elevado, é certo, mas a verdade é que, se for daquelas pessoas que percorre bastantes quilómetros no seu dia-a-dia, vai certamente notar a diferença quando começar a passar mais vezes pelos postos de abastecimento sem ter de parar.

 

 

Texto: André Mendes (ed. #73)

Fotos: Pedro M. Barreiros

 

Ficha Técnica:

1.995 cc, 4 cil., tração traseira, 190 cv, 400 Nm

4,3 l/100 km, 114 g/CO2

0–100 km/h em 7,5 s, 235 km/h

1.540kg

 

Últimos Testes
Teste: Ford Fiesta 1.0 EcoBoost

A nova geração do Ford Fiesta promete muito... E cumpre em quase tudo!

Ler mais
Teste: Volkswagen Golf GTI

A gama Golf conta ainda com mais versões e opções. mas o GTI continua a ocupar um lugar especial.

Ler mais
Teste: BMW 520d Touring

Muito conforto a bordo e um prestável motor de dois litros com 190 cavalos. Bons consumos e muita autonomia.

Ler mais
TopGear # 79
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui