Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Carros // Testes

Teste: Alfa Romeo Stelvio 2.2d Q4 210 cv

7/10
€ 57.800
03 Set 2018
teste-alfa-romeo-stelvio-2-2d-q4-210-cv

Charme com eficácia

Depois de termos conhecido o Stelvio com este motor 2.2 diesel na sua versão de 180 cavalos, o charmoso SUV da marca italiana apresenta-se na versão mais potente do bloco a gasóleo ao serviço da Alfa Romeo e junta-lhe a tração integral, denominada por Q4.

Uma estética cativante que faz rodar cabeças sempre que passa, já é praticamente um dado adquirido para o Stelvio. Charme e pose não lhe faltam. Depois, com esta nova geração da marca Alfa Romeo, chegamos a um interior de qualidade, com materiais suaves e, finalmente, uma perceção qualitativa elevada e premium. Robustez e bom gosto andam de mãos dadas a bordo do Stelvio e isso contribui para o bom conforto a bordo do SUV italiano. O pisar tem uma natureza firme e os movimentos da carroçaria sempre bem controlados, mas a suavidade com que a suspensão digere as irregularidades é muito boa. Com uma direcção extremamente direta, o Stelvio tem nesta versão Q4 uma grande vantagem face ao seu irmão com o mesmo motor diesel na versão menos potente. Se no Stelvio 2.2d com 180 cv encontramos apenas tração traseira, neste temos 210 cavalos e tração integral, que torna o charmoso SUV italiano muito eficaz.

Com uma precisão e uma agilidade incríveis, o Stelvio percorre estradas sinuosas com extremo à‑vontade. Nunca falta tração, e em curvas de maior raio o Stelvio apoia‑se na traseira como se tivesse apenas tração traseira – curva de forma rápida e linear. O controlo de estabilidade pode nunca se desligar, mas isso nem é necessário tal a eficácia que o Stelvio Q4 emprega em curva. Mesmo à chuva, a progressão é mais que muita com o motor diesel de 210 cavalos a ser, também, um excelente aliado.

  • 1 | 15
  • 2 | 15
  • 3 | 15
  • 4 | 15
  • 5 | 15
  • 6 | 15
  • 7 | 15
  • 8 | 15
  • 9 | 15
  • 10 | 15
  • 11 | 15
  • 12 | 15
  • 13 | 15
  • 14 | 15
  • 15 | 15

A caixa automática de oito relações é a cereja no topo do bolo. Para além de facilitar na condução do dia-a-dia, consegue ser lesta q.b. para uma condução mais empenhada. Caso pretenda, pode utilizar as enormes patilhas atrás do volante para selecionar a relação pretendida e fazer uma condução mais a gosto. Claro que com este andamento o Stelvio torna-se mais guloso, mas se lhe dissermos que a média do nosso teste se ficou nos 8,1 l/100 km (numa condução mista com alguns exageros à mistura), nem se pode considerar muito. Mais, ainda conseguimos rolar a passear com a família numa fasquia abaixo dos 7,0 litros, o que não deixa de ser surpreendente para um SUV destas dimensões e que lhe oferece, sempre que pretenda, 210 cavalos.

O preço começa nos 57.800 euros, e ainda que a unidade aqui presente ascenda aos 68.600 euros, por este valor não compra o novo BMW X3 com o mesmo nível de equipamento deste Stelvio. Talvez valha a pena pensar nisso.

 

Texto: Bruno Costa Silva

Fotos: Pedro M. Barreiros

Teste publicado na TopGear nº 81 (Fevereiro 2018)

 

Ficha técnica:

2.143 cc, 4 cil., tração integral, 210 cv, 470 Nm

4,8 l/100 km, 127 g/km CO2

0-100 km/h em 6,6 s, 215 km/h

1.734 kg

 

 

 

Últimos Testes
Teste: Alfa Romeo Stelvio 2.2d Q4 210 cv

O Stelvio une a eficácia da tração integral Q4 ao potente motor diesel de 210 cv.

Ler mais
Teste: Mercedes-Benz X 250d 4Matic

Mais charme e requinte no mundo pick-up.Eis a X...

Ler mais
Teste: Renault Mégane ST Bose Ed.

A Bose Edition continua a ser uma das versões com mais equipamento da gama Mégane. Testámos a Sport Tourer equipada com o motor dCi de 130 cavalos.

Ler mais
TopGear # 88
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui