Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Carros // Galerias

O Renault Mégane R.S. está de volta!

  • 1 | 35
  • 2 | 35
  • 3 | 35
  • 4 | 35
  • 5 | 35
  • 6 | 35
  • 7 | 35
  • 8 | 35
  • 9 | 35
  • 10 | 35
  • 11 | 35
  • 12 | 35
  • 13 | 35
  • 14 | 35
  • 15 | 35
  • 16 | 35
  • 17 | 35
  • 18 | 35
  • 19 | 35
  • 20 | 35
  • 21 | 35
  • 22 | 35
  • 23 | 35
  • 24 | 35
  • 25 | 35
  • 26 | 35
  • 27 | 35
  • 28 | 35
  • 29 | 35
  • 30 | 35
  • 31 | 35
  • 32 | 35
  • 33 | 35
  • 34 | 35
  • 35 | 35

A nova geração do Renault Mégane rompeu algumas tradições e avançou consideravelmente no tempo, especialmente no que diz respeito ao desenho e a diversas tecnologias. No entanto, para muitos, a opção mais aguardada continua a ser aquela que é desenvolvida pela Renault Sport.

O novo Mégane R.S. usufrui da melhor forma do desenho mais desportivo da nova geração deste modelo, mas também de algumas ideias estreadas com o último Clio R.S., tal como a solução de iluminação dianteira em LED na zona inferior do para-choques, que forma o logo da Renault Sport e conta com diversas funções como as luzes de condução diurna, ou faróis de nevoeiro ou de berma. As vias são mais largas que nas versões convencionais do Mégane e o visual é ainda mais desportivo, tal como costuma acontece nas versões desenvolvidas pela Renault Sport.

No novo modelo, no entanto, o maior destaque vai para o novo sistema de quatro rodas direcionais 4Control, semelhante ao que já conhecemos de outros modelos da marca francesa, mas com uma afinação específica para esta versão, que os engenheiros da marca afirmam que consegue melhorar a dinâmica do modelo de uma forma incrível. A par do que acontece com outros modelos, o sistema 4Control faz com as rodas do eixo traseiro também virem, até um máximo de 2,7 graus e no sentido inverso às da frente, enquanto a velocidade não superar os 60 km/h. Assim que esta velocidade é superada, as rodas traseiras continuam a virar, mas até um ângulo de apenas um grau e no mesmo sentido das rodas do eixo dianteiro. Desta forma, é possível obter uma maior agilidade e facilidade de condução em manobras em velocidades mais moderadas e uma estabilidade muito mais elevada em velocidades superiores.

O motor escolhido para esta versão também é novo. Trata-se de um bloco de 1,8 litros, sobrealimentado e com injeção direta de combustível, que soma 280 cavalos de potência às 6.000 rpm e tem um binário máximo de 390 Nm. A caixa de velocidades pode ser manual ou automática, sendo que esta última também inclui os comandos no volante.

Nesta terceira geração e par do que acontece com o seu antecessor, o Mégane R.S. conta com a presença da aplicação de telemetria, com inúmeras funções, que podem ser acedidas através do monitor central, mas que oferecem agora um interface de utilizar mais simples e acessível, O novo Mégane R.S. pode ser comercializado com duas opções de chassis (Sport e Cup), mas no final do ano também vai estar disponível uma versão Trophy, ainda mais desportiva e com a potência do motor a subir para os 300 cavalos.

AM

Comentários
Para comentar terá de fazer Login ou Registo.
Últimas Galerias
Hyundai i30 N está praticamente pronto

A primeira das versões N da Hyundai está quase a chega ao mercado. Usa um i30 como base, mas inclui um motor 2.0 com 275 cavalos.

Ler mais
Invasão asiática em Frankfurt

Até 2020 a Europa irá assistir à chegada em força dos construtores chineses

Ler mais
Os mais belos Lamborghini de sempre

A Lamborghini organizou o seu primeiro concurso de elegância, que conseguiu reunir os modelos mais apaixonantes produzidos em Sant’Agata Bolognese

Ler mais
TopGear # 75
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui