Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Carros // Galerias

Novo Tesla Roadster chega em 2020

  • 1 | 12
  • 2 | 12
  • 3 | 12
  • 4 | 12
  • 5 | 12
  • 6 | 12
  • 7 | 12
  • 8 | 12
  • 9 | 12
  • 10 | 12
  • 11 | 12
  • 12 | 12

Elon Musk liderou mais uma noite de apresentações, em que o novo camião da marca promete revolucionar mais um segmento. No entanto, depois da sua apresentação e quando o camião já estava a abandonar o espaço onde foi apresentado, fez uma paragem, o compartimento de carga abriu-se sozinho e no meio de muito rock and roll saiu lá de dentro um pequeno desportivo de cor vermelha, que espantou a maioria das pessoas presentes.

Depois de nos mostrar a sua capacidade de aceleração e de se imobilizar junto a Elon Musk, o pequeno Roadster deixou o condutor sair e foi Elon que anunciou que se tratava no novo Tesla Roadster. “A Tesla começou com um pequeno roadster”, disse-nos “e toda a gente me tem perguntado quando é que fazemos um novo modelo. Bem, vamos fazê-lo agora!”.

O novo Tesla Roadster é muito mais do que isso. Trata-se daquele que será o carro de produção mais rápido do mundo, com valores tão incríveis que a maioria da plateia que estava a assistir ao evento nem queria acreditar. Houve mesmo algumas risadas pelo meio. No entanto, Elon Musk afirma que este modelo consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 1,9 segundos e até aos 160 km/h em 4,2 segundos, sendo que a autonomia máxima ronda as 620 milhas, ou seja, cerca de 1000 quilómetros. A velocidade máxima é superior a 400 km/h e, segundo Elon Musk tudo isto são recordes mundiais e esta é apenas a versão base deste modelo, uma vez que no próximo ano vão existir mais algumas surpresas.

O novo Tesla Roadster inclui três motores, um à frente e dois atrás, capazes de ajudar na vectorização de binário. É que o binário máximo ronda os 10.000 Nm!! Sim, dez mil. Não é um erro de digitação. Segundo Elon Musk, “o propósito de tudo isto é tornar os desportivos a gasolina obsoletos. Conduzir um desportivo a gasolina no futuro será equiparável a algo com um motor a vapor”.

Além de uma bateria com uma capacidade de 200 kWh, o novo Tesla Roadster terá um habitáculo de quatro lugares e diversos espaços para carga e como se trata de um roadster, também está incluído um tejadilho rígido amovível, para que possa conduzir sem capota.

A versão de lançamento “Founders Series” é uma edição limitada deste modelo com apenas mil unidades e já pode ser reservada por 250 mil dólares. A versão normal do roadster, no entanto, também já pode ser reservada, mas por um valor de 50 mil dólares. A data de entrega aos clientes, essa, é mais complicada de prever, mas segundo Elon Musk, o calendário aponta para o ano 2020. Depois do Model 3, este é bem capaz de ser o próximo pesadelo para a Tesla em termos de produção, mas tal como acontece com o primeiro, mal podemos esperar…

André Mendes

Comentários
Para comentar terá de fazer Login ou Registo.
Últimas Galerias
Rolls-Royce junta-se ao mundo dos SUV's

O novo Cullinan é o primeiro modelo da marca que está destinado ao mundo dos SUV

Ler mais
Maybach mostra a definição do luxo

A Mercedes-Maybach vai mostrar um novo Concept no Salão de Pequim

Ler mais
Ao volante do Kia Picanto GT Cup

Troféu está prestes a arrancar e a TopGear pôs as mãos no volante

Ler mais
TopGear # 85
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui