Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Carros // Galerias

50 anos do Ford Mustang Bullitt

  • 1 | 32
  • 2 | 32
  • 3 | 32
  • 4 | 32
  • 5 | 32
  • 6 | 32
  • 7 | 32
  • 8 | 32
  • 9 | 32
  • 10 | 32
  • 11 | 32
  • 12 | 32
  • 13 | 32
  • 14 | 32
  • 15 | 32
  • 16 | 32
  • 17 | 32
  • 18 | 32
  • 19 | 32
  • 20 | 32
  • 21 | 32
  • 22 | 32
  • 23 | 32
  • 24 | 32
  • 25 | 32
  • 26 | 32
  • 27 | 32
  • 28 | 32
  • 29 | 32
  • 30 | 32
  • 31 | 32
  • 32 | 32

Não há nenhuma pessoa que adore carros que não tenha visto o filme “Bullitt” com Steve McQueen ou que não conheça o Ford Mustang GT conduzido pelo ator, numa das perseguições automóveis do cinema mais conhecidas de sempre.

Por outro lado, a história do carro utilizado no filme ficou um pouco perdida no tempo, sendo um dos unicórnios do cinema. Pelo menos, até agora. Na verdade, nas filmagens do filme, em 1968, foram utilizados dois Ford Mustang idênticos, um com o número de série a acabar em 558 e outro com o número 559. Um deles foi o modelo usado para diversos saltos e acrobacias, tendo acabado um ferro-velho na Califórnia. Mas o outro, o 559, foi vendido a funcionário da Warner Bros depois das filmagens e posteriormente a um detetive da polícia em 1970. Em 1974, o detetive Marranca vende o carro a Robert Kiernan por seis mil dólares, que o usou diariamente até 1980. Kiernan recusou uma oferta do próprio Steve McQueen em 1977 e esteve fechado até 2001, altura em que Robert e o seu filho começaram a restaurar o carro. Em 2015, Sean Kiernan, filho de Robert, herdou o carro do seu falecido pai e revelou-o à indústria do cinema, dizendo que este nunca esteve em segredo, apenas era um carro da família.

E agora, em 2018, no ano em que “Bullitt” completa o seu primeiro cinquentenário, o modelo original conduzido por Steve McQueen, o 559, marcou presença no Salão de Detroit, ao lado do novo modelo, uma edição especial do novo Ford Mustang, com a mesma decoração do original e que destina a assinalar os 50 anos do filme.

O novo modelo inclui o bloco V8 de cinco litros com 475 cavalos e conta com a carroçaria pintada no obrigatório Dark Highland Green, com ligeiras aplicações cromadas. No interior, além de um moderno painel de instrumentos digital, estão assentos desportivos da Recaro, em pele, com costuras em verde para condizer com a cor da carroçaria. As jantes negras de 19 polegadas têm um desenho semelhante ao do Mustang original e há diversos elementos que se tentam aproximar do modelo de 1968, mas sem que essa opção seja demasiado ostensiva.

Para comemorar este momento, a Ford produziu alguns vídeos que aqui lhe mostramos, bem como uma galeria de imagens fantástica com o modelo mais recente e o original, com inúmeros detalhes que não nos cansamos de ver.

Num dos vídeos, filmado num parque de estacionamento, o “outro” carro é um Dodge Charger negro com duas pessoas suspeitas no seu interior. Soa familiar? No novo Mustang Bullit está Molly McQueen, a neta de Steve McQueen… E no vídeo seguinte, Molly McQueen conhece o Mustang original usado por Steve McQueen, o seu avô, no filme de 1968, com a ajuda de Sean Kiernan, o atual proprietário do carro.

André Mendes

Comentários
Para comentar terá de fazer Login ou Registo.
Últimas Galerias
Divo mostra o lado mais arrojado da Bugatti

A Bugatti trouxe o novo Divo até às ruas de Paris para a sua apresentação oficial.

Ler mais
Peugeot surpreende com o Concept e-Legend

O elegante e nostálgico coupé da Peugeot, mas num tom bem mais futurista.

Ler mais
Porsche revela novo Macan em Xangai

Ainda apenas para o mercado chinês, a Porsche mostrou a nova geração do Macan.

Ler mais
TopGear # 89
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui