Login com a conta do Facebook >
BBC
Top Gear
Procure em topgear.com.pt

Últimas do Top Gear

Depois da Gymkhana, eis a Climbkhana

Depois da Gymkhana, eis a Climbkhana

Sempre que Ken Block nos mostra uma das suas Gymkhana’s, sentimo-nos obrigados a parar tudo o que estamos a fazer, colocar os phones, pegar num pacote de bolachas e apreciar cada segundo a ver Ken Block fazer aquilo que sabe fazer melhor. No entanto, a série Gymkhana parece estar a ficar demasiado banal em termos de visualizações, pelo que a equipa que a produz se vê forçada a procurar novas ideias e novos modos de nos entreter. A última destas aventuras é garantidamente o vídeo de hoje na net e mistura as manobras de Gymkhana com uma das mais míticas provas do mundo automóvel, a subida de Pikes Peak. Com mais de 150 curvas em cerca de 20 quilómetros, a subida de Pikes Peak é um dos eventos disputados por muitos em busca do melhor tempo, mas Ken Block optou por fazê-lo antes daquela forma que domina melhor e que nós até gostamos mais de ver. Ao volante daquilo que já foi um Ford Mustang de 1965, que agora é apenas conhecido como a segunda versão do Hoonicorn RTR que já conhecemos em outros vídeos, mas que na realidade é apenas um monstro com dois enormes turbos e uma potência máxima a rondar os 1.400 cavalos, Ken Block serpenteia montanha acima, deixando traços de borracha queimada e fazendo alguns intervalos pelo caminho. É mais um daqueles vídeos, em que os phones e as bolachas são a única coisa que devemos procurar antes de carregar no play e depois, resta apenas pôr o som mais alto e apreciar. São nove minutos de divertimento garantido! André Mendes

Ver vídeo
McLaren presente em Pebble Beach

O Pebble Beach Concours d'Elegance é um daqueles eventos onde qualquer apaixonado por automóveis deveria estar presente, pelo menos uma vez na vida. Uma vez por ano, há uma semana em que a zona de Monterey, na Califórnia, fica repleta de tudo aquilo que é necessário para apreciar da melhor forma o automóvel. Os modelos mais desportivos, os mais históricos e raros, mas também os mais caros, os mais exóticos, os mais originais, as marcas mais sonantes e as mais elegantes, há de tudo um pouco. Na edição deste ano, a McLaren foi uma das marcas presentes e, felizmente fez um vídeo em jeito de resumo para nos mostrar um pouco de Pebble Beach, mas também do Circuito de Laguna Seca, em que também decorre parte deste evento. André Mendes

Ver vídeo
Novo Suzuki Swift com versão Sport

A nova geração do Suzuki Swift vai voltar a ter uma versão mais desportiva.

Ler mais
Citroën C3 com a opção Aircross

A Citroën apresentou a versão Aircross do seu C3, uma espécie de substituto do C3 Picasso, mas ainda mais irreverente

Ler mais
XC40 completa família de SUV Volvo

O XC40 vem completar a família de SUV da Volvo, potenciando ainda mais o seu crescimento no mercado.

Ler mais
Honda Urban EV Concept mostra futuro

A Honda mostrou-nos a sua primeira abordagem ao mundo dos veículos elétricos com este Urban EV Concept, mas diz-nos que a versão final já estará em produção em 2019.

Ler mais
Teste: Mercedes-AMG GLC 43 Coupé

Este é o GLC mais potente e exclusivo da gama

Ler mais
Hyundai i30 N está praticamente pronto

A primeira das versões N da Hyundai está quase a chega ao mercado. Usa um i30 como base, mas inclui um motor 2.0 com 275 cavalos.

Ver galeria
Invasão asiática em Frankfurt

Até 2020 a Europa irá assistir à chegada em força dos construtores chineses

Ver galeria
Os mais belos Lamborghini de sempre

A Lamborghini organizou o seu primeiro concurso de elegância, que conseguiu reunir os modelos mais apaixonantes produzidos em Sant’Agata Bolognese

Ver galeria
vídeos em destaque
Juntar o útil ao apaixonante

Juntar o útil ao apaixonante

A Jaguar conseguiu juntar dois mundos completamente distintos e que nos pareciam encaixados em lados muito opostos até vermos este vídeo. Imagine aquele que Enzo Ferrari já elegeu como o automóvel mais belo do mundo, a sair de uma garagem, sem o cheiro a gasolina, sem o visual dos anos que já ostenta em termos de desgaste, com um interior moderno e futurista e sem emitir um único ruído. É justamente isto que a Jaguar nos tenta transmitir neste vídeo, em que podemos conhecer a primeira versão elétrica do apaixonante Jaguar E-Type Roadster. O E-Type Zero, como foi designado, é baseado no modelo de 1968 e foi apresentado no último evento técnico da marca em Inglaterra. Consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,5 segundos e conta com um sistema elétrico perfeitamente integrado com o resto do conjunto. Por fora, tirando o som que (não) emite, nada o deixa adivinhar que se trata de um motor elétrico, mas por dentro, o painel de instrumentos totalmente digital e os diversos componentes fabricados em fibra de carbono com o objetivo de reduzir o peso final do conjunto já poderão revelar que se trata de algo difierente. O Jaguar E-Type Zero é apenas um protótipo que nos mostra aquilo que a Jaguar já consegue fazer, servindo também para pousar junto do Jaguar I-Pace, que chegará ao mercado no próximo ano. André Mendes

Ver vídeo
Top Gear Mais vídeos em destaque
TopGear no Discovery já este sábado

TopGear no Discovery já este sábado

Depois de muito tempo de espera, eis que finalmente vamos conseguir ver TopGear nas televisões portuguesas. Para já, ainda não será a série mais recente, mas esta 23ª temporada do programa de automóveis mais divertido do mundo, estará ao alcance de quem tiver acesso ao Discovery Channel já este sábado, dia 16 de Setembro, por volta das 21 horas. A 23ª temporada de TopGear foi aquela em que o programa teve mais alterações. A apresentação passou a ser assegurada por Chris Evans e Matt Leblanc, mas também podemos contar com a presença de Chris Harris, Rory Read, Sabine Schmitz, Eddie Jordan e claro que não poderia faltar o Stig em mais uma sessão de testes incríveis que não vai querer perder. Para aqueles que vão querer rever e especialmente para quem vai ver pela primeira vez, aqui fica um resumo daquilo que poderá encontrar nesta temporada! André Mendes

Ver vídeo
Bugatti Chiron bate recorde de velocidade

Bugatti Chiron bate recorde de velocidade

O Bugatti Chiron está destinado a causar expressões faciais de espanto a todos aqueles que consultem alguns dos seus números. E agora, consegue adicionar mais um valor incrível a esta extensa lista: 42 segundos! É o tempo que o Chiron necessita para acelerar dos 0 aos 400 km/h e travar novamente até se imobilizar. 42 segundos. É praticamente impossível de imaginar, quanto mais de concretizar. Mas o Chiron conseguiu fazê-lo, usando pouco mais de três quilómetros de uma pista muito longa e há um vídeo para nos mostrar como tudo aconteceu. Ao volante estava o piloto Juan Pablo Montoya, conhecido por já ter vencido provas na Fórmula 1 e Fórmula Indy ou mesmo as 24 horas de Daytona entre outras. E mesmo ele ficou impressionado com as prestações deste novo modelo. Apenas para relembrar, o Bugatti Chiron está equipado com um motor W16 de oito litros e conta com quatro turbos para o ajudar a somar qualquer coisa como 1.500 cavalos. André Mendes

Ver vídeo
BMW Individual comemora 25 anos

BMW Individual comemora 25 anos

O departamento de personalização da BMW está a completar o seu primeiro quarto de século e fez-se notar no Salão de Frankfurt com mais um dos seus modelos únicos. O BMW Individual M760Li inspired by Nautor’s Swan é, tal como o seu nome indica, inspirado nas criações náuticas do estaleiro Finlandês, que já nos brindou com diversos exemplares apaixonantes para o mundo dos barcos à vela nos seus últimos 50 anos de história. O luxo e a atenção ao detalhe são os principais destaques desta edição, com alguns dos componentes a serem produzidos artesanalmente pelo próprio construtor destas luxuosas embarcações nas suas instalações. O ambiente a bordo é totalmente inspirado nestas mesmas criações e faz com que nos imaginemos em alto mar, rodemos por água, mas também por materiais tão nobres como a madeira (teca e carvalho), produzida com ajuda de elementos como o carbono ou a borracha, de forma a deixar estes elementos preparados para mudanças de temperatura. Os revestimentos em Alcantara e Couro, bem como o alumínio, mas também as diversas assinaturas do estaleiro finlandês estão presentes um pouco por todo o habitáculo, por entre uma combinação elegante de cores, que resulta num conjunto digno de uma edição de 25 anos da BMW Individual. Quanto ao Série 7, a base utilizada é o já de si imponente M760Li, equipado com o motor V12 TwinTurbo de 6,6 litros, capaz de oferecer uma potência máxima de 610 cavalos e um poderoso binário de 800Nm, que passam para as quatro rodas através do sistema de tração integral xDrive. Apesar das dimensões e do seu peso mais elevado, o M760Li consegue alcançar os 100 km/h em apenas 3,7 segundos, mantendo sempre a nota do conforto num patamar muito elevado. AM

Ver vídeo
O melhor de Top Gear
+ vistos
Mini John Cooper Works GP Concept

Esta é uma das maiores novidades da Mini no Salão de Frankfurt. Perceba porquê.

0 comentários
Este é o novo Bentley Continental GT!

A terceira geração da estrela da Bentley não deixa ninguém indiferente. Veja porquê.

0 comentários
Os mais belos Lamborghini de sempre

A Lamborghini organizou o seu primeiro concurso de elegância, que conseguiu reunir os modelos mais apaixonantes produzidos em Sant’Agata Bolognese

0 comentários
Ferrari moderniza-se com o seu Portofino

O novo descapotável da Ferrari tem um V8 de 600 cavalos e um visual apaixonante

0 comentários
O melhor de Top Gear
vídeos
  • Depois da Gymkhana, eis a Climbkhana

    Depois da Gymkhana, eis a Climbkhana

    Sempre que Ken Block nos mostra uma das suas Gymkhana’s, sentimo-nos obrigados a parar tudo o que estamos a fazer, colocar os phones, pegar num pacote de bolachas e apreciar cada segundo a ver Ken Block fazer aquilo que sabe fazer melhor. No entanto, a série Gymkhana parece estar a ficar demasiado banal em termos de visualizações, pelo que a equipa que a produz se vê forçada a procurar novas ideias e novos modos de nos entreter. A última destas aventuras é garantidamente o vídeo de hoje na net e mistura as manobras de Gymkhana com uma das mais míticas provas do mundo automóvel, a subida de Pikes Peak. Com mais de 150 curvas em cerca de 20 quilómetros, a subida de Pikes Peak é um dos eventos disputados por muitos em busca do melhor tempo, mas Ken Block optou por fazê-lo antes daquela forma que domina melhor e que nós até gostamos mais de ver. Ao volante daquilo que já foi um Ford Mustang de 1965, que agora é apenas conhecido como a segunda versão do Hoonicorn RTR que já conhecemos em outros vídeos, mas que na realidade é apenas um monstro com dois enormes turbos e uma potência máxima a rondar os 1.400 cavalos, Ken Block serpenteia montanha acima, deixando traços de borracha queimada e fazendo alguns intervalos pelo caminho. É mais um daqueles vídeos, em que os phones e as bolachas são a única coisa que devemos procurar antes de carregar no play e depois, resta apenas pôr o som mais alto e apreciar. São nove minutos de divertimento garantido! André Mendes

  • McLaren presente em Pebble Beach

    McLaren presente em Pebble Beach

    O Pebble Beach Concours d'Elegance é um daqueles eventos onde qualquer apaixonado por automóveis deveria estar presente, pelo menos uma vez na vida. Uma vez por ano, há uma semana em que a zona de Monterey, na Califórnia, fica repleta de tudo aquilo que é necessário para apreciar da melhor forma o automóvel. Os modelos mais desportivos, os mais históricos e raros, mas também os mais caros, os mais exóticos, os mais originais, as marcas mais sonantes e as mais elegantes, há de tudo um pouco. Na edição deste ano, a McLaren foi uma das marcas presentes e, felizmente fez um vídeo em jeito de resumo para nos mostrar um pouco de Pebble Beach, mas também do Circuito de Laguna Seca, em que também decorre parte deste evento. André Mendes

  • Juntar o útil ao apaixonante

    Juntar o útil ao apaixonante

    A Jaguar conseguiu juntar dois mundos completamente distintos e que nos pareciam encaixados em lados muito opostos até vermos este vídeo. Imagine aquele que Enzo Ferrari já elegeu como o automóvel mais belo do mundo, a sair de uma garagem, sem o cheiro a gasolina, sem o visual dos anos que já ostenta em termos de desgaste, com um interior moderno e futurista e sem emitir um único ruído. É justamente isto que a Jaguar nos tenta transmitir neste vídeo, em que podemos conhecer a primeira versão elétrica do apaixonante Jaguar E-Type Roadster. O E-Type Zero, como foi designado, é baseado no modelo de 1968 e foi apresentado no último evento técnico da marca em Inglaterra. Consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,5 segundos e conta com um sistema elétrico perfeitamente integrado com o resto do conjunto. Por fora, tirando o som que (não) emite, nada o deixa adivinhar que se trata de um motor elétrico, mas por dentro, o painel de instrumentos totalmente digital e os diversos componentes fabricados em fibra de carbono com o objetivo de reduzir o peso final do conjunto já poderão revelar que se trata de algo difierente. O Jaguar E-Type Zero é apenas um protótipo que nos mostra aquilo que a Jaguar já consegue fazer, servindo também para pousar junto do Jaguar I-Pace, que chegará ao mercado no próximo ano. André Mendes

TopGear no Discovery já este sábado
TopGear no Discovery já este sábado

Depois de muito tempo de espera, eis que finalmente vamos conseguir ver TopGear nas televisões portuguesas. Para já, ainda não será a série mais recente, mas esta 23ª temporada do programa de automóveis mais divertido do mundo, estará ao alcance de quem tiver acesso ao Discovery Channel já este sábado, dia 16 de Setembro, por volta das 21 horas. A 23ª temporada de TopGear foi aquela em que o programa teve mais alterações. A apresentação passou a ser assegurada por Chris Evans e Matt Leblanc, mas também podemos contar com a presença de Chris Harris, Rory Read, Sabine Schmitz, Eddie Jordan e claro que não poderia faltar o Stig em mais uma sessão de testes incríveis que não vai querer perder. Para aqueles que vão querer rever e especialmente para quem vai ver pela primeira vez, aqui fica um resumo daquilo que poderá encontrar nesta temporada! André Mendes

Bugatti Chiron bate recorde de velocidade
Bugatti Chiron bate recorde de velocidade

O Bugatti Chiron está destinado a causar expressões faciais de espanto a todos aqueles que consultem alguns dos seus números. E agora, consegue adicionar mais um valor incrível a esta extensa lista: 42 segundos! É o tempo que o Chiron necessita para acelerar dos 0 aos 400 km/h e travar novamente até se imobilizar. 42 segundos. É praticamente impossível de imaginar, quanto mais de concretizar. Mas o Chiron conseguiu fazê-lo, usando pouco mais de três quilómetros de uma pista muito longa e há um vídeo para nos mostrar como tudo aconteceu. Ao volante estava o piloto Juan Pablo Montoya, conhecido por já ter vencido provas na Fórmula 1 e Fórmula Indy ou mesmo as 24 horas de Daytona entre outras. E mesmo ele ficou impressionado com as prestações deste novo modelo. Apenas para relembrar, o Bugatti Chiron está equipado com um motor W16 de oito litros e conta com quatro turbos para o ajudar a somar qualquer coisa como 1.500 cavalos. André Mendes

BMW Individual comemora 25 anos
BMW Individual comemora 25 anos

O departamento de personalização da BMW está a completar o seu primeiro quarto de século e fez-se notar no Salão de Frankfurt com mais um dos seus modelos únicos. O BMW Individual M760Li inspired by Nautor’s Swan é, tal como o seu nome indica, inspirado nas criações náuticas do estaleiro Finlandês, que já nos brindou com diversos exemplares apaixonantes para o mundo dos barcos à vela nos seus últimos 50 anos de história. O luxo e a atenção ao detalhe são os principais destaques desta edição, com alguns dos componentes a serem produzidos artesanalmente pelo próprio construtor destas luxuosas embarcações nas suas instalações. O ambiente a bordo é totalmente inspirado nestas mesmas criações e faz com que nos imaginemos em alto mar, rodemos por água, mas também por materiais tão nobres como a madeira (teca e carvalho), produzida com ajuda de elementos como o carbono ou a borracha, de forma a deixar estes elementos preparados para mudanças de temperatura. Os revestimentos em Alcantara e Couro, bem como o alumínio, mas também as diversas assinaturas do estaleiro finlandês estão presentes um pouco por todo o habitáculo, por entre uma combinação elegante de cores, que resulta num conjunto digno de uma edição de 25 anos da BMW Individual. Quanto ao Série 7, a base utilizada é o já de si imponente M760Li, equipado com o motor V12 TwinTurbo de 6,6 litros, capaz de oferecer uma potência máxima de 610 cavalos e um poderoso binário de 800Nm, que passam para as quatro rodas através do sistema de tração integral xDrive. Apesar das dimensões e do seu peso mais elevado, o M760Li consegue alcançar os 100 km/h em apenas 3,7 segundos, mantendo sempre a nota do conforto num patamar muito elevado. AM

TopGear # 75
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Bem-vindo ao Facebook da TopGear Portugal
Junte-se aos quase 200 mil fãs da melhor revista de automóveis do mundo!
Clique aqui